Últimas Notícias

News
Recentes

Carol Teles lança spin-off gratuito de A Mais Bela Melodia na Amazon!

News
Recentes

Adaptação de Dumplin’ ganha trilhada sonora com Sia e Dolly Parton

News
Recentes

Vox é distopia sobre mulheres silenciadas e feminismo. Conheça!

Livraria Cultura - Clique aqui e conheça nossos produtos!

[Resenha] A sombra da lua – John Sandford

Publicado em 15 maio, 2013

A sombra da lua – John Sandford
Editora: Arqueiro
ISBN: 9788580410297
Ano: 2012
Páginas: 272
Classificação: 
Página do livro no Skoob

Acostumado a assumir casos difíceis, o investigador do Departamento de Detenção Criminal de Minnesota Virgil Flowers é mandado a Bluestem, uma pequena cidade do interior, para ajudar a polícia local a solucionar um crime que chocou a população: um casal de idosos foi morto em sua residência com requintes de crueldade. Ao chegar à cidade durante a madrugada, Virgil é surpreendido por um incêndio no alto de uma montanha. A casa do fazendeiro Bill Judd é consumida pelas chamas e seu proprietário morre sob os escombros. Bill era um homem recluso e odiado. Há muitos anos, esteve à frente de um esquema fraudulento que levou centenas de fazendeiros à falência. Embora o dinheiro nunca tenha aparecido, ele foi julgado e absolvido. Além disso, seu envolvimento com várias mulheres casadas era de conhecimento de todos na região. Virgil não acredita em coincidências e fica intrigado com a morte do fazendeiro. Afinal, a pacata Bluestem passou duas décadas sem um único crime e nas últimas semanas foi cenário de três homícidios. Determinado a encontrar uma ligação entre os assassinatos, o investigador começa a conversar com os moradores e a descobrir seus segredos. Contudo, revirar o passado de uma pequena cidade pode trazer sérias consequências para um forasteiro.

 Resenha:
Eu costumo comparar livros entre autores do mesmo gênero, e no quesito livro policial, comparo todos com meu mestre, meu ídolo, o senhor das noites em claro, Harlan Coben. É meio injusto, não há comparações mas John Sandford me envolveu.

Se alguém estranho aparecesse numa cidade pequena, onde todos se conhecem e sabem tudo sobre as vidas alheias, seria notado, certo? E quando assassinatos acontecem, uma onda de investigações e mal estar se apodera de todos os habitantes, é alguém da cidade.

O fazendeiro Bill Judd, foi morto queimado em sua casa, o incêndio é o ponto de partida para uma série de assassinatos. Bill era rico e odiado por todos, o segredo de seu sucesso estava relacionado a falência de outros fazendeiros, fraudes entre outros assuntos sujos e ilegais. Nada nunca foi provado contra ele. Com tantos inimigos, quem poderia ter cometido o crime? Já Russel Gleason fora médico por 50 anos e Anna enfermeira na juventude, o casal com mais de 80 anos de idade foi morto de forma brutal. Quais os motivos para tal barbaridade? As mortes não param por aí mas prefiro deixar vocês lerem.

O investigador do Departamento de Detenção Criminal, Virgil Flowers é o nosso condutor nesse livro. Ele logo traçara uma linha que ligue todos os crimes e as investigações durarão o livro inteiro, em parceria com o xerife Jim Stryke que tenta a reeleição. O romance também está presente, Virgil terá um caso com Joan, irmã do xerife, e renderá alguns momentos leves e outros nem tanto. Jim, se envolverá uma a filha bastarda de Budd, Jessica. Como um bom livro policial, eu suspeitei de todos os personagens e mais alguns. Só descobrimos quem é o assassino junto com os personagens no decorrer da leitura. A estória convence, os pontos se ligam mas acontecem coisas demais. Orgias, drogas, lavagem de dinheiro, debates religiosos, tiros, muitos tiros. Quem realmente gosta de tiroteios policiais vai se deliciar. Discordando de muitos outros que leram o livro, achei o Virgil, apesar desse nome péssimo, um personagem forte, ele tem estilo, adorei suas camisas com nomes de banda.

Em alguns capítulos o assassino dá voz aos seus pensamentos, achei interessante. Os capítulos são curtos e por várias vezes ágeis demais. Isso vicia a leitura, eu terminei bem rápido. Se formos comparar com a extensão que tiveram certos pontos da leitura o seu desfecho aconteceu de forma rápida, e me deu uma sensação de não ter todas as questões respondidas. E de fato acontece isso mesmo, o Virgil, escreve textos, como se fosse um hobby profissional, que ajuda-o a ver por outro ângulo as pistas encontradas nas cenas dos crimes. Me restou a dúvida, era só para esse objetivo mesmo? É um livro bom.

Leia mais de 4 milhões de livros no seu e-book. Os melhores e-books do mundo estão aqui

Recomendados para você

Deixe seu comentário

22 Comentários

  • Anônimo
    15 julho, 2013

    Fiquei super curiosa com tua resenha. Amo demais livros de suspense policial.
    E o enredo tem todos os "elementos" para um ótimo livro.

  • Gabrielle
    05 julho, 2013

    Gosto de livros assim, cheios de mistério, suspense policial sempre me prende à leitura!

  • Leitura extrema
    05 julho, 2013

    Fascinante a historia e muito atraente :3

  • Greiciely
    30 junho, 2013

    Não sou fã de livros de suspense policial assim, mas confesso que li alguns e gostei muito! Isso de cidade pequena é tipico, todos sabem os podres de todos e todos são suspeitos, o que é legal que deixa o suspense melhor. Também gosto quando o assassino narra, dá pra conhecer melhor a mente criminosa e incrementa a trama.
    Não é algo que eu compraria pra ler e tal, não faz meu genero, mas se a oportunidade surgir lerei sem medo.
    Bj

  • Andressa Palma Santos
    30 junho, 2013

    Eu ainda não li nenhum suspense policial, não porque não gosto, mas sim por eu não tinha visto, até agora, nenhum livro que, aparentemente, parecesse ser bom. Gostei da resenha 🙂

    Beijos, Andressa.

  • Patty Pereira
    23 junho, 2013

    Adoro Livros policiais!!! Achei bom que os capitulos sao curtos, acho que assim a leitura flui muito melhor. Ja li um livro do Harlan e gostei muito, se vc comparou com ele e gostou tambem, acho que vou apreciar esta leitura. Parabens pela resenha.

  • Vanessa Chanice
    22 junho, 2013

    como eu disse no o outro post, esse é o genero de livros que mais me agrada e por isso estou muito curiosa para conhecer esse escritor!

  • Renata Lopes
    18 junho, 2013

    AMEI….adoro livro assim cheios de suspense me desperta mais ainda a vontade de ler, Parabéns pela resenha ficou ótima… =)

  • Bruna Costenaro
    17 junho, 2013

    Nunca li nenhum livro desse gênero, até quero pq gosto de conhecer narrativas, mas ainda não sei bem qual, nem de que autor…

    Miquilis: Bruna Costenaro

  • Lauro Moura
    15 junho, 2013

    Achei a capa do livro linda *-* e por ser um romance policial gostei mais ainda ;D um dos meus gêneros literários favoritos (:

  • Rodrigo Lessa ®
    10 junho, 2013

    As vezes eu não gosto de que mostre os pensamentos dos personagens nao, mas talvez seja diferente do livro que estou lendo. Sombra da Lua é um livro incrivel, olha a capa, que perfeita, gostei muito d ahistoria tambem, o titulo é sensacional. Sem duvidas tem tudo pra ser um livro otimo, quero ler.

  • Jullyana Fernandes
    09 junho, 2013

    parece ser ótimo *-*

  • Ju
    08 junho, 2013

    Há algum tempo atrás, eu teria medo de qualquer livro policial. Mas, hoje, eu gosto de vários. Não sei se seria o caso desse, esse negócio de orgias e trocas de tiros não é muito a minha cara… Não gosto de histórias muito violentas, física ou psicologicamente falando… teria que saber mais sobre o livro para descobrir se valeria a pena me aventurar.

    Juliana Xavier

  • camila rezende
    07 junho, 2013

    Nao sou fa desse genero literario, mas gostei da resenha.
    Tmb nao gostei muito do nome do protagonista (Virgil e estranho).

  • Kelry Caroline
    06 junho, 2013

    Oi Felipe, eu também gosto de livros policiais e com um suspense a vista são os melhores né?!

    Eu não conhecia o livro, mas vi que é um ótimo livro pra se ler, como você disse a autor soube escrever de forma que a gente possa entender.

  • Anônimo
    03 junho, 2013

    Adorei sua resenha.Gosto muito de livros policias e esse deve ser ótimo.Muito suspense e esse livro me pareceu,pela sua resenha,que é daqueles que prendem a gente até a última página.bj.

  • Ana Maria :)
    03 junho, 2013

    Fiquei curiosa, ótima resenha. Harlan Coben é mestre, então…

  • єг๏ภ
    01 junho, 2013

    Amei a Resenha, com certeza deve ser ótimo o livro! Quero ler.

  • Cibele Santos
    16 maio, 2013

    Olha se você comparou o autor John Sandford com Harlan Corben(autor nota 10 sou fã dele), então esse livro deve ser tudo bem, amo muito livros de suspense e investigação, eles estão no top das minhas leituras, gostei da resenha e quero muito ler esse livro e conhecer outros livros do autor…
    🙂

  • Leila
    16 maio, 2013

    Adoro suspense policial, é meu gênero preferido. Também adoro Harlan Coben. Já fiquei interessada neste livro!

  • Regilene Dias
    15 maio, 2013

    Vou ser sincera, mas acho que nunca li uma história policial, não que eu me lembre de alguma. Não sei se faz meu estilo, mas acho que não, talvez seja por isso que nunca me interessei em ler alguma coisa a respeito, mas quem sabe algum dia eu leia.
    A história me pareceu interessante vou me lembrar dele assim que sentr vontade de ler alguma coisa do gênero.

  • Ivi Campos
    15 maio, 2013

    Também gosto muito do Harlan e só a sua comparação me deixou com vontade de ler este livro. Gosto de livros com capítulos enxutos!!!