Últimas Notícias

News
Recentes

Adaptação de Por Lugares Incríveis, de Jennifer Niven, ganha capa e data de estreia

News
Recentes

Confira o primeiro trailer de “A Mulher na Janela”, de A.J. Finn, com Amy Adams

News
Recentes

Novo livro de Kiera Cass será lançado em 5 de maio. Saiba tudo!

Livraria Martins Fontes

“Nocturna” é fantasia espanhola com jornadas de herói e vilão extremamente definidas

Publicado em 17 dez, 2019

Nocturna –  Maya Motayne
ISBN-10: 8555340918
Ano: 2019 / Páginas: 480
Editora: Seguinte
Classificação: 

No primeiro volume de uma trilogia de fantasia inspirada na cultura latina, uma ladra capaz de mudar de aparência e um príncipe herdeiro se unem para proteger o reino de uma magia perversa. Depois de se libertar da dominação dos inglésios, o reino de Castallan não esperava passar por mais nenhuma crise. Mas Dez, o herdeiro, foi assassinado, e agora nobres e plebeus precisam aceitar que o destino do reino está nas mãos do príncipe Alfie, que passou meses fugindo de suas obrigações enquanto bebia tequila em alto-mar. De volta a Castallan, Alfie não consegue acreditar que seu irmão morreu e, tentando provar o contrário, se depara com Finn Voy. Graças a sua habilidade de assumir a aparência de qualquer pessoa, Finn está sempre usando um disfarce para se proteger dos traumas de seu passado e de qualquer um que se meter em seu caminho. Quando os destinos de Alfie e Finn se cruzam, eles acidentalmente libertam uma magia poderosa e antiga que, se não for detida, vai mergulhar o mundo em escuridão. Com o futuro de Castallan em suas mãos, o príncipe e a ladra terão de aprisionar essa magia obscura a qualquer custo, mesmo que, no caminho, precisem confrontar seus segredos mais sombrios.

Fantasia é meu nome do meio. Meu gênero predileto e aquele livro que sempre vou pedir quando surge uma oportunidade. Então, antes mesmo de ter lançado, Nocturna já estava na minha lista de prioridades. Viram essa capa? Leram essa sinopse? Então vocês entendem do que estou falando. 

Nocturna vai falar sobre um reino chamado Castellan, que teve o príncipe herdeiro assassinado, e por causa disso obrigou o mais jovem, Alfie, a assumir algo que ele não estava preparado para assumir. Mas Alfie não quer o trono, ele quer arranjar um jeito de trazer o irmão de volta, porque para Alfie, se não tem corpo não há morte. 

Acontece que Dex, o herdeiro legítimo, sumiu em um tipo de buraco no espaço tempo, causado por uma moradora de Castellan. Nem preciso dizer que esse é um reino mágico, não é? Com direito às mais diversas e inimagináveis magias, desde pessoas que controlam sua vida, caso você revele seus segredos, até o de Alfie, que seria enxergar a cor da magia e viajar através dela. Parece meio confuso o poder dele, e confesso que é mesmo, mas com o tempo a gente vai se acostumando ao ponto de nem sentir essa estranheza. 

Finn é uma ladra, e o poder dela é tomar corpos de outras pessoas. Roubar a aparência delas, o que faz de Finn quase impossível de ser capturada. Ela acaba encontrando Alfie durante um roubo de um livros, os quais ambos queriam muito, e depois volta a encontrá-lo quando ela tem que entrar no palácio para poder pegar seu poder de volta. É nisso que a vida desses dois vão se entrelaçar, e ambos irão se meter nas maiores enrascadas para salvar o reino, depois que Alfie, sem querer, solta um poder maligno e antigo pelo lugar. 

Olha, é difícil eu curtir mocinhos que nem o Alfie. Gosto dos ladrões de moral duvidosa, nas histórias de fantasia, mas confesso que ele me pegou de jeito. É íntegro e sempre faz a coisa certa e acredita nas pessoas. Mesmo o que seria sua maior fraqueza, a morte do irmão, torna-se um traço que o fortalece durante a trama. Ele faz a besteira, mas não fica esperando o tempo passar para ideias inteligentes surgirem – ele sai para a luta e depois pensa no que fazer. 

Finn é exatamente do meu tipo. Meu tipo de personagem e meu tipo de garota. Quando ela se une a Alfie meio que há um equilíbrio na vida de ambos. Ele toma um pouco da rebeldia dela, e ela um pouco da moralidade dele. Formam uma dupla arretada de linda, em todos os sentidos.

Transformá-los em amigos foi uma construção muito importante e inteligente da autora. Mesmo que o tempo transcorrido na história seja curto, ela conseguiu unir os dois personagens sem deixar margem para desconfiança do leitor. Eles realmente funcionam juntos, e a princípio eu pensei que ela ia acabar fazendo merda nisso. Não fez. 

O vilão também é um ponto super positivo nesse livro. Não é ninguém aleatório, que a autora pegou de lugar nenhum. É alguém que independente de poder já era um vilão na vida de Finn, e que quando aparece da forma que surgiu nessa história, torna-se três vezes pior para ela. É um vilão que realmente assusta, e não pelo o que diz ou faz, mas pelo o que a gente sabe que pode fazer. 

O caso que eles estão tentando resolver é solucionado nesse livro, o que me faz pensar no que a autora preparou para o segundo. O mesmo vilão? Outro vilão? Sendo sincera? Queria o mesmo vilão de volta. Ele funciona muito bem para Alfie, porque está tentando destruir o reino dele, e para Finn, que como ladra precisava de um estímulo muito forte para aceitar a vilandade dele. Vamos esperar e ver o que vai acontecer. 

A cultura espanhola é muito forte nesse livro. Seja no linguajar dos personagens, ou até nos nomes de coisas, lugares ou feitiços. Percebe-se a influência latina na escrita da autora, mesmo com a tradução para o português. Achei divino que a editora tenha mantido isso. Ficou um espetáculo!

É um bom livro, com uma jornada de herói extremamente bem definida. Você percebe nitidamente os arcos narrativos, e como eles são importantes e vem nos tempos certos na trama. Como fantasia funcionou muito bem! Amei a escrita da autora, e já estou ansiosa pelo próximo. 

Carol Teles

Carol Teles

Quase formada em Letras; quase formada em Biblioteconomia, sou altamente inquieta e tenho problemas em terminar coisas que comecei. Durmo pouco e com milhões de travesseiros. Sou chocólatra e passo parte do meu dia em uma Interprise ou Millenium Falcon porque meu filho vive no espaço. Perco-me na vida.

Leia mais de 4 milhões de livros no seu e-book. Os melhores e-books do mundo estão aqui

Recomendados para você

Deixe seu comentário