Últimas Notícias

News
Recentes

Conheça “Metrópolis”, clássico sci-fi de Thea von Harbou, que chega em capa dura em Outubro!

News
Recentes

“A Saga do Assassino”, de Robin Hobb, ganha nova edição pela Suma!

News
Recentes

Sequência de “O Conto da Aia” chega em novembro às livrarias!

Livraria Martins Fontes

Aleph lança edição capa dura para “A Mão Esquerda da Escuridão”, sci-fi sobre igualdade entre os sexos

Publicado em 13 jul, 2019

Um dos livros mais icônicos da década de 1960 e marco da geração New Wave, “A Mão Esquerda da Escuridão”, de Ursula K. Le Guin, conquistou os principais prêmios da ficção científica – o Hugo e o Nebula. Em capa dura, com pintura inédita de Marcela Cantuária e prefácio de Neil Gaiman, esta edição especial da Aleph marca as cinco décadas desta obra magistral.

O livro propõe ricas discussões sobre assuntos polêmicos e atemporais – gênero, feminismo, alteridade, filosofia e antropologia –, sendo considerado pela crítica especializada não só um dos mais importantes livros de ficção científica já escritos como também uma verdadeira obra-prima da literatura moderna.

No romance fantástico, a autora foi capaz de trazer à tona temas importantes a época de seu lançamento, mas, que se mantiveram contemporâneos como: a polarização política, conflitos religiosos e a inevitável discussão sobre a igualdade entre os sexos.

Enviado em uma missão intergaláctica, Genly Ai, um humano, tem como missão persuadir os governantes do planeta Gethen a se unirem a uma comunidade universal. Entretanto, Genly, mesmo depois de anos de estudo, percebe-se despreparado para a situação que lhe aguardava. Ao entrar em contato com uma cultura complexa, rica, quase medieval e com outra abordagem na relação entre os gêneros, Genly perde o controle da situação. É humano demais, e, se não conseguir repensar suas concepções de feminino e masculino, correrá o risco de destruir tanto a missão quanto a si mesmo.

Leia mais de 4 milhões de livros no seu e-book. Os melhores e-books do mundo estão aqui

Recomendados para você

Deixe seu comentário