Últimas Notícias

Recentes
Resenhas
TERROR

“O Cemitério”, de Stephen King, é de fazer qualquer um ter pesadelos. Saiba mais!

News
Recentes

Aleph divulga capa de “A Última Colônia”, de John Scalzi

News
Recentes

Conheça “Vilão”, uma história sobre inveja, desejo e superpoderes!

Livraria Martins Fontes

Cinco filmes de terror contemporâneo para você se apaixonar pelo gênero!

Publicado em 01 jun, 2019

Filme de horror cria a sensação de nojo.

Filme de terror desperta o sentimento de medo.

Entendido?

Medo do surreal, do desconhecido, do monstro que tem ou não forma estabelecida. Que uiva pela noite, mata pelo dia e se esconde nas sombras, no feixe de luz mais forte. A lista de hoje é dedicada a essa segunda vertente. Não precisamos comentar nada sobre Carrie, a Estranha, A Hora do Pesadelo ou alguma das versões de A Morte do Demônio, né? Você provavelmente já viu todos eles, bem como Sexto Sentido, Os Outros e Tubarão.

A melhor parte sobre adorar filmes que te deixam inquieto sobre o mundo, é, a cada play dado, aceitar sem pestanejar que não estamos sozinhos. Nunca estivemos. Nem ao ler esse texto, agora mesmo.

 

Aterrorizados | 2018, Dirigido por: Demián Rugna. País de Origem: Argentina

 

O próprio nome já traduz o filme, é aterrorizante! Uma produção sul americana e que não deve nada ao terror hollywoodiano. A atmosfera sobrenatural é bem articulada. Temos cenas que impactam visualmente e que não poupam você de ter medo.

 

SINOPSE: Quando estranhos eventos assolam um bairro de Buenos Aires, na Argentina, um grupo de investigadores paranormais são chamados para investigar. Porém, eles vão conseguir resolver esse mistério antes que um terrível mal destrua a existência humana como conhecemos?

 

O Babadook | 2014, Dirigido por: Jennifer Kent. Países de Origem: Austrália, Canadá

Não espere sustos prontos, sangue, corpos mutilados e afins. É um terror simbólico e bem lúdico. Dirigido por uma mulher e que dialoga com a maternidade e de como o medo transforma a imaginação das crianças. Sabe aquele bicho-papão que amedrontou você quando criança? Aqui temos isso, mas, temos bem mais que isso.

SINOPSE: Amelia, viúva e ainda atormentada pela violenta morte do marido, tenta lidar com o medo de monstros que aterroriza seu único filho, o pequeno rebelde Samuel, e enfrenta dificuldades em amar o garoto. Após encontrar um misterioso livro, o menino, certo de que há um monstro que deseja matá-lo, começa a agir irracionalmente para o desespero de sua mãe. Mas logo Amelia percebe que realmente há uma sinistra presença na casa e ao redor deles.

 

Corrente do Mal | 2014, Dirigido por: David Robert Mitchell. País de Origem: EUA

Um terror que remete a atmosfera oitentista do gênero, principalmente na sua trilha sonora com sintetizadores  à la John Carpenter. Uma crítica ao sexo sem proteção? Talvez. Verdadeira homenagem aos slashers de adolescentes que transam loucamente e acabam sendo ‘’punidos’’ por um ser maligno. A fotografia é hipnotizante.

SINOPSE: A jovem e despreocupada Jay leva uma vida tranquila entre escola, paqueras e passeios no lago. No entanto, após uma transa, o garoto com quem passou a noite lhe explica que ele carregava no corpo uma força maligna, transmissível às pessoas apenas pelo sexo. Agora, enquanto vive o dilema de carregar a sina ou passá-la adiante, a jovem Jay começa a ser perseguida por figuras estranhas que tentam matá-la e que não são vistas por mais ninguém.

 

Invasão Zumbi |2016, Dirigido por: Yeon Sang-Ho. País de Origem: Coreia do Sul

 

Não é somente um filme de zumbis, tem uma baita crítica social e de como o ser humano é egoísta. Nem sempre os zumbis são os vilões, é isso que a obra apresenta. Recomendo ver em um momento de calmaria, é aflição do início ao fim.

SINOPSE: A Coreia do Sul decreta estado de emergência após um vírus desconhecido tomar conta do país. Algumas pessoas tentam fugir de zumbis e ficam presas em um trem-bala que está a caminho de Busan, a única cidade que não foi afetada pelo vírus.

 

À Sombra do Medo | 2016, Dirigido por: Babak Anvari. Países de Origem: Irã, Jordânia. Qatar , Reino Unido da Grã-Bretanha e Irlanda do Norte

Um terror psicológico repleto de simbolismos. É eficiente e crítico, principalmente com a figura feminina inserida àquela cultura. Não é um filme convencional, são poucos os elementos assustadores que ele fornece, mas que causam medo pelo modo que é apresentado e que dialoga com a religião e a cultura de um lugar marcado pela guerra e seus costumes.

SINOPSE: Teerã, 1988. A guerra entre Irã e Iraque ressoa pelo seu oitavo ano. Uma mãe e sua filha ficam pouco a pouco dilaceradas com as campanhas de bombardeio sobre a cidade junto com a sangrenta revolução do país. Lutando diariamente para ficarem juntas em meios aos terrores, um misterioso mal ronda o apartamento onde elas moram.

Leia mais de 4 milhões de livros no seu e-book. Os melhores e-books do mundo estão aqui

Recomendados para você

Deixe seu comentário