Últimas Notícias

Recentes
Resenhas
SCI-FI

“Flores para Algernon” é o sci-fi mais triste, brilhante e necessário que li. Conheça!

POLICIAL
Recentes
Resenhas

“Uma Mulher no Escuro”, de Raphael Montes, é suspense sexual e viciante sobre tragédia familiar

2018
Brasileiros
Recentes
Resenhas

O Sol na Cabeça, de Geovani Martins, é uma obra dolorosa e tocante sobre a juventude periférica

Livraria Martins Fontes

Para os fãs de A Seleção, Jogos Vorazes e A Rainha Vermelha: conheçam Princesa de Cinzas

Publicado em 24 out, 2018

Princesa das Cinzas traz um toque inteligente e feminista ao conto tradicional da heroína derrotada, com muita intriga, amor e mentiras para deixar tudo mais atraente”, é o que diz Virginia Boecker, autora da série A caçadora de bruxos.

Aposta da editora Arqueiro para o segundo semestre de 2018, a obra de Laura Sebastian chega envolta de expectativas e histórias muito bem sucedidas dentro do gênero. Confira capa e sinopse divulgadas.

 

PRINCESA, PRISIONEIRA, ÓRFÃ E REBELDE.

A jovem Theodosia tem seu destino alterado para sempre depois que seu país é invadido e sua mãe, a Rainha do Fogo, assassinada. Aos 6 anos, a princesa de Astrea perde tudo, inclusive o próprio nome, e passa a ser conhecida como Princesa das Cinzas.

A coroa de cinzas que o kaiser que governa seu povo a obriga a usar torna-se um cruel lembrete de que seu reino será sempre uma sombra daquilo que foi um dia. Para sobreviver a essa nova realidade, sua única opção é enterrar fundo sua antiga identidade e seus sentimentos.

Agora, aos 16 anos, Theo vive como prisioneira, sofrendo abusos e humilhações. Até que um dia é forçada pelo kaiser a fazer o impensável. Com sangue nas mãos, sem pátria e sem ter a quem recorrer, ela percebe que apenas sobreviver não é mais suficiente. Mas a princesa tem uma arma: sua mente é mais afiada que qualquer espada. E o poder nem sempre é conquistado no campo de batalha.

Leia mais de 4 milhões de livros no seu e-book. Os melhores e-books do mundo estão aqui

Recomendados para você

Deixe seu comentário