Últimas Notícias

News
Recentes

Raphael Draccon e Carolina Munhóz produzirão série original para Netflix

News
Recentes

Autor de “O Caçador de Pipas” lança livro em homenagem ao jovem Alan Kurdi

News
Recentes

“Intransitiva Palavra” é novo livro de poemas de Arriete Vilela

Livraria Cultura - Clique aqui e conheça nossos produtos!

Sérgio Prado Moura escreve sobre uma Maceió ácida e de resistência em “Inferno Tropical”

Publicado em 09 jul, 2018

É possível amar e odiar Maceió ao mesmo tempo. Quem vive na capital alagoana provavelmente concorde com a afirmação. É que há bons motivos para ambas as vertentes. Reunindo seis autores fora do circuito comercial e tradicional do Estado, a editora independente Sirva-se publica o livro “Inferno Tropical”. Em contos inéditos, os escritores Adson Ney, Amanda Prado, Ari Denisson, Jean Albuquerque, Mattüs e Sérgio Prado Moura dialogam sobre belezas e mazelas da nossa terra. O resultado parece empolgante, a considerar a ilustração de capa (incrível) e assinada por Edinir Aprígio.

Baseando-se em histórias que viu, ouviu e viver pelas ruas de Maceió, o autor Sérgio Prado Moura assina dois contos na coletânea: “Cidade Reversa” e “Jotacê”. Segundo ele, a relação dúbia com a cidade é o que parece unir todos os presentes nesse trabalho. “As minhas histórias se passam na periferia. São ácidas e doídas, mas com um viés de resistência dos que não aceitam ter suas vidas soterradas pela cidade cenográfica que se montou na orla pra encantar turista.”

“Inferno Tropical” chega como um desabafo. Relatos sobre o que é ocupar e existir num centro urbano. “Maceió é solo que nutre raízes ao mesmo tempo envenena com sua injustiça, preconceito e violência, principalmente vinda de uma elite que não queria ser daqui, e que despreza a vida e a cultura do seu povo. Aliás, uma cultura riquíssima e que resiste apesar da mediocridade da classe dirigente”, defende Prado.

Autor de “Apuê”, lançado em 2015 pela Imprensa Oficial Graciliano Ramos, e do projeto “Haicai com Wifi”, no Instagram, Sérgio Prado Moura conta que possui algumas histórias prontas e engatilhadas para virem ao mundo. “Somente este ano foi que me dei conta que estou com dois novos livros prontos, um romance e outro de contos, além dos haicais, que também devem virar livro. Três livros pra um cara procrastinador como eu, e com tantas distrações do dia a dia não é mau. Agora publicar é outra coisa. Só agora vou começar a pensar nisso.”

Os interessados podem adquirir “Inferno Tropical” entrando em contato com qualquer um dos seis autores ou com a editora Sirva-se. Na Rua dos Alfarrábios, no Centro, o livro está sendo comercializado na loja Solar Discos.

Leia mais de 4 milhões de livros no seu e-book. Os melhores e-books do mundo estão aqui

Recomendados para você

Deixe seu comentário