Últimas Notícias

2018
News
Recentes

Premiada em dois concursos nacionais, alagoana Bárbara Cavalcante é novo nome da literatura fantástica

News
Recentes

A Netflix vai adaptar vários livros do Harlan Coben: Te indicamos 5 para você ler antes!

News
Recentes

Com Jennifer Aniston, adaptação do livro Dumplin’ chega ainda em 2018. Conheça a história!

Livraria Cultura - Clique aqui e conheça nossos produtos!

[Resenha] Roleta Russa – Jason Matthews

Publicado em 10 fev, 2016

Roleta Russa – Jason Matthews
ISBN-10: 8580412757
Ano: 2014
Páginas: 422
Editora: Arqueiro
Classificação: 
Página do livro no Skoob

Desde pequena, o sonho de Dominika Egorova era fazer parte do Bolshoi, o balé mais importante da Rússia. Após ser vítima de uma sabotagem, porém, ela vê sua promissora carreira se encerrar de forma abrupta. Logo em seguida, mais um golpe: a morte inesperada do pai, seu melhor amigo. Desnorteada, Dominika cede à pressão do tio, vice-diretor do serviço secreto da Rússia, o SVR, e entra para a organização. Ela recebe uma importante missão: conquistar o americano Nathaniel Nash, um jovem agente da CIA, responsável por um dos mais influentes informantes russos que a agência já teve. O objetivo é fazê-lo revelar a identidade do traidor, que pertence ao alto escalão do SVR.

 Resenha:

Levei cerca de trinta dias para finalizar a leitura desse livro. Tempo que há muito pensei jamais precisar para finalizar alguma obra. Meu consolo é saber que as 426 páginas escritas por Jason Matthews foram geniais. Seu texto é de uma descrição absurda, mas ao mesmo tempo necessária. Não posso afirmar que a trama deveria ter menos páginas para ser perfeita. É uma história tão rica, movimentada e imprevisível que me sinto incompleto com o desfecho de tudo. O gancho para uma sequência existe ao mesmo tempo em que é o fim ideal para um enredo tão perigoso e consistente.
Dominika Egorova é o tipo de protagonista que faz você perder as estribeiras lendo um livro. Você torce de verdade. Vibra com vigor. Ela é o que poderíamos chamar de vítima do sistema. Teve a vida arruinada por pessoas ruins e foi obrigada a se unir a outras piores ainda para ter um futuro. Depois que perdeu o pai, ela se vê nas garras do tio, um general mafioso que ameaça o bem-estar da mãe da garota para conseguir o que quer. É pensando nela que Dominika se transforma num gigante. O interessante em todo o texto de Matthews é que ele nos apresenta os personagens num contexto passado. Ele constrói todos a cada página até chegarmos ao ponto em que eles trabalham juntos em algo maior. Não começamos a história sabendo do que se trata Roleta Russa. Aos poucos ele vai detonando as bombas. Acompanhar o treinamento de Dominika é perturbador. Uma das etapas é a Escola de Pardais, onde homens e mulheres aprendem a usar o corpo para conseguirem o que querem. Técnicas que vão bem além da sedução. É dolorido. Ser um espião não é para qualquer um.
Nathaniel Nash é um agente da CIA em sua mais importante missão. Ele precisa zelar pela segurança do informante russo mais importante em décadas. Um homem do alto escalão do serviço secreto Russo que há muito tempo resolveu trair o seu país por questões mais que pessoais. Ele fornece informações secretas e valiosas para os Estados Unidos em troca de dinheiro, vingança e adrenalina. Quando Nash conhece Dominika numa dessas piscinas públicas, jamais passaria pela sua cabeça que ele se tratava da missão mais importante da garota. Ela precisa recrutá-lo. Convencê-lo a virar um agente duplo. Trair o seu país como seu próprio protegido. Protegido esse que a Rússia está movendo montanhas para descobrir a identidade. Captaram a periculosidade de tudo isso? Não demora muito para Nash descobrir tudo e os dois passarem a enganarem um ao outro.
É extremamente excitante a rotina de mentiras que ele constroem. Uma rotina que os aproximam tanto e de uma forma tão errada que a paixão entre os dois é inevitável. Mas há muita coisa em jogo. Os dois países vivem uma segunda Guerra Fria por baixo dos panos. Tudo começa então a desmoronar… Sabe aqueles carrascos que metem medo em qualquer um? Psicopatas contratados apenas para fazer o jogo sujo? Se preparem para muitos. Os personagens vivem despistando possíveis seguidores, evitando contatos físicos e atentos a tudo e a todos em qualquer lugar. A velhinha mais inofensiva é a mais perigosa. A agente mais experiente também. Saber dar um tiro a queima-roupa ou uma facada na jugular se tornam questões de sobrevivência. A paciência também é bem-vinda. Como não perder a cabeça quando o presidente do país te liga cobrando resultados? O que fazer quando senadores se suicidam para não serem presos por traição?
Ter uma vida secreta é quase impossível se você não tem a ajuda da CIA ou do FBI. É tanta politicagem, corrupção e dinheiro trocado por vidas que Roleta Russa se torna impossível de largar. A leitura não é fácil pela densidade do texto, mas o que realmente complica são os termos em russo utilizados. O autor ora traduz a expressão logo em seguida, ora substitui a própria palavra. Não é nada devastador, mas obviamente algumas sacadas foram perdidas assim. A narrativa em terceira pessoa é tão bem desenvolvida que num mesmo parágrafo adentramos na mente de Dominika e Nash sem nos perdemos ou ficarmos confusos.
O autor é realmente bom e escreve com propriedade: durante 33 anos ele atuou na Diretoria de Operações da CIA. No meio de tanta burocracia e esquemas de inteligência, Dominika possui um dom quase sobrenatural que deixa tudo mais interessante…
Leia mais de 4 milhões de livros no seu e-book. Os melhores e-books do mundo estão aqui

Recomendados para você

Deixe seu comentário