Últimas Notícias

News
Recentes

Em entrevista ao OMD, Silva declara amor por Maceió e promete show afetuoso no Teatro Deodoro

News
Recentes

Depois de O Livro dos Ressignificados, Coração Granada é o novo livro do @akapoeta

News
Recentes

Separamos cinco HQs da Nemo que você precisa ter na estante!

Livraria Cultura - Clique aqui e conheça nossos produtos!

[Resenha] A outra vida – Susanne Winnacker

Publicado em 17 set, 2013

A outra vida – Susanne Winnacker
Editora: Novo Conceito
ISBN: 9788581631516
Ano: 2013
Páginas: 272
Classificação: 
Página do livro no Skoob

O mundo de Sherry — de uma hora para outra — mudou completamente. Por causa de um vírus muito contagioso, as pessoas que ela costumava conhecer, e quase todas as pessoas de sua cidade, Los Angeles, na Califórnia, se transformaram em mutantes assustadores. Esses mutantes têm uma força excessiva, são ágeis, o corpo é coberto de pelos, eles lacrimejam um líquido imundo e… comem gente! Portanto, não há muito o que fazer — talvez tentar fugir — quando se encontra algum deles. A não ser que você tenha ao seu lado a força e a determinação de um jovem como Joshua. Joshua perdeu uma irmã para os mutantes e sua raiva é tão grande que ele seria capaz de vingar todos aqueles que perderam alguém para as criaturas. No entanto, para que esta revanche aconteça, é preciso prudência. Afinal, até que ponto a disseminação deste vírus foi uma coisa realmente natural? Que poderosos interesses estão por trás desta devastação? E será que Joshua e Sherry conseguirão ter a cautela necessária para lutar contra as criaturas justo agora que seus corações estão agitados pelo começo de uma paixão?

Resenha: 
Em A outra vida um grupo de cientistas começou a fazer modificações no vírus da Raiva afim de estuda-lo melhor e o que deveria ser uma simples ideia de progresso aliada a curiosidade acabou saindo de controle. Em certo ponto avançado das pesquisas, os estudiosos não podiam dar conta do vírus, não conseguiam detê-lo e ele acabou se tornando uma arma biológica que afetou a população, os infectados se transformaram em bestas que comem seres humanos, que caçam para sobreviver. Feras peludas que quase lembram pessoas normais mas que são mutantes assustadores, pena e compaixão eram traços humanos que eles haviam perdido.

O vírus transformou boa parte da população em predadores espertos sem consciência, Chorões é como são chamados e há uma explicação para esse nome incomum, não contarei, esse livro merece ser lido e vocês descobrirão por conta própria. A outra parte não afetada está em abrigos públicos ou vivendo por conta própria. O governo prometeu o controle da situação mas a meses não se ouve notícia alguma pela rádio, estariam todos a mercê da sorte?

O avô de Sherry está morto no freezer a meses ao lado da comida congelada que está acabando. Sua avó encontrou no irritante ato de tricotar um refúgio para a situação, só ouve-se seu ininterrupto Tec-Tec no pequeno espaço onde vivem agora. Essa é a vida no abrigo, quatro anos se passaram, os contatos com o mundo exterior, com o mundo lá fora não existem mais. As brigas constantes ente os pais de Sherry deixam o ambiente mais denso do que já é. Mil cento e trinta e nove dias sem ver a luz do sol. O mundo como eles conheciam não existe mais.

Quando Sherry e seu pai são obrigados a sair do abrigo em busca de alimento eles se deparam com o desconhecido, seu pai acaba sendo levado pelas feras e aqui estória ganha ritmo. Há outros sobreviventes… Há um Refugio com pessoas que se isolaram e estão vivas! Mas não há informações sobre o quão destruidora fora a epidemia, a população teria sido dizimada por completo?

“Ele entrou na casa, deixando-nos com nada além da certeza de que tudo era ainda pior que imaginávamos.” Trecho da página 252

Esse é o primeiro livro de uma série, e como não poderia ser diferente, é tudo muito introdutório. Essa nova Los Angeles é nos apresentada, deserta e parcialmente destruída, onde os Chorões nos esperam a cada esquina.  O que mais me agradou na leitura foi o ritmo, apesar de leve a ação está bem presente, ataque de Chorões não faltarão. É uma escrita ágil e não há pontos irrelevantes, tudo foi muito bem pensado, não me vi entediado ou arrastando a leitura em momento algum, a narração em primeira pessoa pela Sherry é envolvente. Joshua vive no Refúgio com outras pessoas e ajudará Sherry a resgatar seu pai e sua família do antigo abrigo, se terão sucesso ou não vocês terão que ler…

Os membros desse Refúgio são peculiares, Tyler foi o grande trunfo do enredo, quando ele falar vocês vão ansiar e muito pela continuação.  O passado de Joshua também é um ponto curioso, a forma como ele perdeu a família e o sentido de sua tatuagem “Vingador”. E ainda há pessoas que são imunes ao vírus… Recomendo a leitura e estou ansioso pela continuação.

Leia mais de 4 milhões de livros no seu e-book. Os melhores e-books do mundo estão aqui

Recomendados para você

Deixe seu comentário

13 Comentários

  • Maria Clara
    09 dezembro, 2013

    Parece ser muito bom, adoro qualquer coisa que tenha zumbi no meio. Ou chorões kkk

  • Anônimo
    04 outubro, 2013

    Ola Felipe!! Estou louca para poder ler este livro!!Sempre achei esse tema de vírus e zumbis demais. E penso como deve ser difícil você viver nesse meio e presenciar a perda de pessoas do seu convívio. Que luta é viver assim, com medo e fugindo ou lutando por sua vida. Necessito ler este livro e parabéns pela resenha!!

  • Poison Girl
    26 setembro, 2013

    Eu estou em uma fase bem "distópica". Nunca tinha lido nenhuma distopia até me render aos encantos de A seleção e desde então estou procurando distopias muito legais para ler. Me decepcionei um pouco com Estilhaça-me, mas mesmo assim continuo acompanhando porque liberta-me me deu esperança de que vai melhorar.
    Enfim, eu já li uma resenha sobre este livro e fiquei realmente encantada com o enredo, tive muita pena de Sherry, passar fome deve ter a pior coisa do mundo.
    Bem o livro parece ser bem interessante, a capa logo me chamou a atenção, fiquei com muita vontade de lê-lo.

  • Jéssica Antunes
    25 setembro, 2013

    Adoro suas resenhas, vc escreve muito bem.
    Esse livro já ti chamado minha atenção, mas depois de ler resenha achei mais interessante ainda.
    Vou ler sim.

  • Tabata Gomes
    23 setembro, 2013

    Tenho esse livro aqui, não sabia que era o primeiro de uma serie. Realmente parece ser muito bom!

  • Ariana Oliveira Gomes
    20 setembro, 2013

    Tava super interessada neste livro, mas confesso que depois de ler as resenhas o meu interesse caiu exponencialmente. Série? De novo, tô cansada delas, torcendo para essa modinha acabar logo, tá ficando chato.
    Quem sabe um dia dê uma chance para ele, mas por enquanto tirei de minha lista de desejados.

    • Felipe Miranda
      Rodolfo
      23 setembro, 2013

      É complicado essa história de séries, tem livros que seriam melhores se fosse volumes únicos. Mas por enquanto tô de boa kkkk estou acompanhando séries legais 🙂

  • cristiane
    19 setembro, 2013

    Eu como uma pessoa que ama distopia quero muito ler ele *-* A premissa é muito boa, que bom que a escrita da autora também é.
    Muito boa sua resenha!!1

  • Alessandra Tapias
    18 setembro, 2013

    Ah! Adorei sua resenha!!!
    Gostei muito deste livro, é rápido e empolgante!!

    Agora é esperar o próximo!!

    Bjkassssssss

    Lelê Tapias
    http://topensandoemler.blogspot.com.br/

  • Thales
    17 setembro, 2013

    Muito boa a resenha! Fiquei com vontade de ler o livro =D