Últimas Notícias

News
Recentes

Machado de Assis e Stephen King estão no próximo lançamento da Cia das Letras!

News
Recentes

O Fogo Invisível, de Javier Sierra, discute a origem de literatura e da arte

News
Recentes

Para os fãs de A Seleção, Jogos Vorazes e A Rainha Vermelha: conheçam Princesa de Cinzas

americanas.com

[Resenha] Bruxos e Bruxas – James Patterson e Gabrielle Charbonnet

Publicado em 05 jul, 2013

Bruxos e Bruxas – James Patterson e Gabrielle Charbonnet
Editora: Novo Conceito
ISBN: 9788581632216
Ano: 2013
Páginas: 288
Classificação: 
Página do livro no Skoob

No meio da noite, os irmãos Allgood, Whit e Wisty, foram arrancados de sua casa, acusados de bruxaria e jogados em uma prisão. Milhares de outros jovens como eles também foram sequestrados, acusados e presos. Outros tantos estão desaparecidos. O destino destes jovens é desconhecido, mas assim é o mundo sob o regime da Nova Ordem, um governo opressor que acredita que todos os menores de dezoito anos são naturalmente suspeitos de conspiração. E o pior ainda está por vir, porque O Único Que É O Único não poupará esforços para acabar com a vida e a liberdade, com os livros e a música, com a arte e a magia, nem para extirpar tudo que tenha a ver com a vida de um adolescente normal. Caberá aos irmãos, Whit e Wisty, lutar contra esta terrível realidade que não está nada longe de nós.

Resenha: 
Tamanhã propaganda por parte da editora e os diversos comentários a respeito da obra por leitores, me fizeram passar essa leitura na frente de outras, não me arrependi porém não caí de amores, admito.

A Nova Ordem é um partido político que ganhou todas as eleições, tomou o poder e instituiu um novo governo, o Conselho dos Únicos. O Único que é O Único é quem comanda toda essa barbaridade com promessas de um futuro brilhante. Se o povo estivesse atento a essas questões que passam despercebidas as coisas não estariam do jeito que estão, livros estão sendo banidos assim como palavras, agora extintas e proibidas, músicas foram repreendidas por serem consideradas poluidoras, museus foram destruídos. Na Nova Ordem não há espaço para as artes. Entendidos? É nesse novo mundo que os irmãos,Whithford Allgood e Wisteria Allgood foram capturados em suas próprias casas e acusados de bruxaria, assim do nada mesmo, julgados por um juri único e sentenciados ao enforcamento. É mole?

Todos os jovens menores de 18 anos estão sendo acusados de conspiração e bruxaria. Os pais de Whit e Wisty estão foragidos suspeitos de traição, os jovens passarão o livro inteiro a procura dos pais enquanto tentam sobreviver as torturas que enfrentarão no hospício-prisão onde ficam alojados até terem idade suficiente para pagarem por suas supostas feitiçarias. Até então eles não sabiam sobre suas habilidades, sim, eles são bruxos e com a ajuda de uma baqueta e um livro em branco, seus poderes despertarão e serão bem uteis nessa batalha. Achou que te apresentei de forma rápida tudo isso?

O ritmo é assim mesmo, os capítulos são curtíssimos e  intercalados entre as narrações dos dois irmãos de forma rápida. Achei mal dividido e desnecessário, assim que tiverem o livro em mãos reparem e me contem o que acharam, não atrapalha em nada a leitura, a torna mais rápida até mas deu a impressão de que o objetivo era ocupar mais páginas.

Whit no decorrer do enredo não apresenta feitos grandiosos, claro temos algumas exceções mas seu poder é muito pouco desenvolvido em relação ao da sua irmã, Wisty, que rouba a cena explodindo em chamas, levitando e transformando inimigos em fuinhas. Whit teve sua namorada morta pela Nova Ordem, agora ela vive na Terra das Sombras, Célia é uma meia-luz e ajudará os irmãos nessa guerra contra um governo tirano que acima de tudo teme os jovens. Quando eles perceberem o ponto fraco as coisas mudam de rumo, nos próximos livros da série espero colher esses frutos. Como todo bom livro que envolve bruxaria vamos conhecer vários termos novos: Curvos, Retos e Estreitos, Perdidos, Pukka, Erlenmeyer. Dimensões novas: Terra livre, Superfície, Submundo,Terra das sombras. Personagens que cativam,sejam por serem bons ou satânicos: Feffer a ex-cadela infernal louca, O Único que pode julgar: Ezekiel Raiwa, a misteriosa Sra. Highsmith e sua convenção de bruxas mal explicada, a enfermeira chefe e o visitante, que foram mais assustadores que o próprio vilão do enredo.

“- Só posso dizer isso por enquanto, Whit. Há uma profecia. Ela está escrita em um muro no seu futuro. Aprenda mais sobre ela. Nunca se esqueça dela. Você faz parte disso, você vai tomar conta do mundo. É por isso que a Nova Ordem tem tanto medo de você e da Wisteria.” Trecho da página 69

E se essa profecia fosse revelada justamente pelo inimigo? E se Whit e Wisty tivessem em suas mãos o poder de salvar centenas de jovens da morte? E se amigos fossem na verdade traidores? O maior problema está na escrita extremamente juvenil. Sabe aquele momento de tensão super sério e importante que acaba de forma broxante? Um vilão virando uma barata gigante e o mocinho se transformando num rato pra se salvar? Certo, o humor funciona em alguns momentos mas em outros é meio estranho. Eu li o livro em algumas horas e me envolveu bastante. Não se tornou preferido pelos motivos já citados na resenha. Recomendo a leitura, sim! A estória é interessante e te prende.

“E, então, a multidão começa a berrar, quase cantando “O Único que é O Único! O Único que é O Único!”. 
Imperiosamente, O Único levanta a mão e seus capangas encapuzados nos empurram para frente, pelo menos até onde as cordas ao redor dos nossos pescoços permitem.” Trecho do Prólogo 

WalmartBR

Recomendados para você

Deixe seu comentário

26 Comentários

  • GonçalvesSue
    03 fevereiro, 2014

    Logo no inicio fiquei na duvida quando a esse livro, mas li algumas resenhas que me chamaram atenção..Vou dar uma chance a ele, já comprei e ganhei o segundo…

  • Maria Clara
    12 dezembro, 2013

    Tenho muita vontade de ler a série, e acho difícil chegar aos pés de HP.

  • Déborah Alexandrias
    09 dezembro, 2013

    Faz tempo que estou querendo ler esse livro, já vi várias resenhas tanto positivas quanto negativas, mas, ele me pareceu bem interessante e gostaria muito de lê-lo.

  • Poison Girl
    04 outubro, 2013

    Eu não fui muito com a cara deste livro principalmente depois que vi em um blog que ele é a cara de Harry Potter, senti como se o autor estivesse tentando sugar o sucesso dessa saga para si lançando algo parecido

  • Geovany Smith
    17 agosto, 2013

    a proposito estou no sorteio *oooo*

  • Geovany Smith
    17 agosto, 2013

    adoro livros de bruxaria *-*

  • Cristiane Dornelas
    25 julho, 2013

    Não sei o que achar desse livro. Espero que goste, mas com livros dele nunca me dou bem e não parece que esse agradou muito…

  • Tainara Alves
    22 julho, 2013

    Adoro esses livros que tem magia na história,já vi muitas resenhas desse livro e tenho muita vontade de ler.E a capa chama bastante atenção!bjs

  • Michelle *-*
    19 julho, 2013

    Livros sobre bruxos = minha cara! 🙂

  • Larissa
    16 julho, 2013

    sério que vc não gostou muito? depois daquele marketing eu esperava um livro maravilhoso ^^ bom só lendo pra conferir…é uma série né? sou apaixonada por livro de bruxos, com feitiçarias e nomes esquisitos de personagens
    sei lá acho que por isso fiquei tão interessada…
    boa resenha

  • Vanessa Moreira
    14 julho, 2013

    Realmente estou vendo muito propaganda desse livro, mas foi a primeira vez que li a resenha….gostei muito. Ainda não li nenhum livro de bruxos e adoraria ler esse…
    Parabéns pela resenha!!!

  • Aline Falcone
    14 julho, 2013

    O livro realmente esta com um marketing muito forte. Confesso que sua resenha me desanimou um pouco, mas certamente se fosse ler o livro com todas as expectativas provocadas pelo marketing iria odiar o livro no final, por trás dos pontos negativos a história em si parece interessante. Achei curioso a baqueta se transformar em um varinha, criativo certamente. Mesmo assim vou dar uma chance ao livro.
    Parabéns pela resenha.

  • Ariana Oliveira Gomes
    13 julho, 2013

    Não curto muito James Patterson , acho que é muito marketing, só isso…
    Não pretendo ler Bruxos e Bruxas, sinceramente a estória não me atrai…

  • Ananda Castilho
    11 julho, 2013

    Nunca tinha lido nada dele e comecei por Bruxos e Bruxas porque ganhei o livro em uma promoção. Já ouvi falar muito bem do autor, então ainda pretendo buscar mais coisas desse, mas mal cheguei na metade e ja estou desanimada. Evitei ler a resenhas porque tenho medinho de spoilers ahah mas realmente, pela publicidade e sinopse esperava mais. A história não chega a ser adolescente na minha opinião, é infantil. A ideia é ótima, e se fosse voltado para um publico mais 'velho' poderia ter sido muito melhor desenvolvida. Fui levada a esperar criticas politicas, mas não é realmente o foco do livro. Alguns anos atras poderia ter gostado muito mais, não digo que é um livro ruim, mas quem começa a ler esperando algo profundo pode se decepcionar um pouco.
    Gosto da narração do livro, pelo ponto de vista dos dois personagens principais, mas mesmo para um livro infantil, o desespero a que eles são submetidos não é muito bem descrito por conta das ironias e sarcasmos. Quer dizer, todos sabem que eles estão numa situação absurdamente horrivel, sozinhos e sem entender nada. Ainda assim eles fazem piada o tempo todo com quem decide o destino deles. Um tanto quanto além da rebeldia eu diria.

  • Anônimo
    11 julho, 2013

    Achei muito legal tua resenha. Mas fiquei impressionada com o marketing que foi feito sobre este livro, o que deixa a gente sempre querendo saber um pouquinho mais sobre a história. Bruxos, prisão, um partido politico, poderes são itens bons para um livro que se deve ser devorado!!
    Está na minha lista de desejados!!

  • Gabriella Alvim
    11 julho, 2013

    A propaganda que fizeram desse livro foi imensa e acho que isso atiçou minha curiosidade. Li muitas resenhas que falaram bem e muitas que falaram o contrário, me deixando confusa. Quero ler e ver o que eu acho, pra ver se o livro é digno de tamanha propaganda

  • Fernanda Passos
    11 julho, 2013

    Saber que é uma série dá até tristeza. haha
    Nunca li nada do autor, mas confesso que fiquei morrendo de vontade de ler esse livro porque parece muito diferente de tudo o que já li. E adorei essa capa toda em chamas.
    http://nuvensdecrepom.blogspot.com.br/

  • Tati Munhoz
    09 julho, 2013

    Realmente, vi muito burburinho sobre esse livro. Mas funciona, né?! Porque estou aqui bem curiosa! haha
    Apesar de algumas coisinhas, como você disse, parece ser um estoria interessante! 🙂

    http://tatimunhoz.blogspot.com.br

  • lorena p
    08 julho, 2013

    Sou louca por ler esse livro e em partes, assim como você, pela divulgação feita pela novo conceito, e pela capa do livro que achei bacana. Fora o fato de eu achar histórias sobre magia e bruxaria fantásticas e me interesso bastante por histórias do tipo. É a primeira resenha que vejo que não morre de amores pela leitura, no entanto acho isso positivo, pois me mostrou certos pontos que ainda não haviam sido apontados em outras resenhas que li, tais como a sequência e o ritmo da escrita do livro. Enfim, excelente resenha (:

  • Débora Alves
    07 julho, 2013

    Sua resenha esclareceu tudo! 😀
    Agora fiquei mais ansiosa pra ler, obrigado mesmo.

    sorrisoselivros.com

  • Ariádne Tamires
    07 julho, 2013

    Eu li uma resenha recentemente sobre este livro e falaram que foi o melhor livro de magia que a pessoa já tinha lido, depois disso colega.. todas as resenhas que leio sobre ele só aumenta minha curiosidade! haha
    Parabéns pela resenha está ótimo, e pelo blog!!
    Estou seguindo já 😀

    http://tamigarotaindecisa.blogspot.com.br/

  • Rodrigo Lessa ®
    06 julho, 2013

    É incrivel que tudo sobre esse livro eu acho muito perfeito. Primeiramente, a capa é nota 10, sem comparação com nenhuma. O book trailer sensacional, fazendo os leitores quererem ler e ficarem mais curiosos ainda. E a historia? Magnifica!! Amei demais, me identifiquei muito, muito foda! Quero ler esse livro porque adoro Bruxos E Bruxas, principalmente jovens, na verdade, é tão divertido ler isso, acho muito bom, uma leitura bem agradavel onde eu possa viajar e imaginar eu estar nessa mundo. Curti muito, quero esse livro!!! (yn)

  • Jéssica Coelho
    06 julho, 2013

    Eu estava com vontade de ler esse livro mas sei lá, estou meio da duvida… Achei legal por ser relacionado a bruxaria e tal… Mas achei estranho essa coisa de caçar simplesmente todos os jovens… sem um critério maior.

  • Ingrid Joyce
    05 julho, 2013

    triste fim sagsyags
    é sempre assim o maior enxame e nada legal.
    ainda bem que eu nao irei ler essa série pelo fato de ter as preferencias do que comprar.

    sonholiterario.blogspot.com

  • Leitura extrema
    05 julho, 2013

    Já tive muita vontade de ler esse livros pois gosto bastante desse autor ^^

  • Gabrielle
    05 julho, 2013

    Já ouvi falar tão bem desse livro, muitas críticas boas. Sempre tive vontade de ler.