Últimas Notícias

News
Recentes

Machado de Assis e Stephen King estão no próximo lançamento da Cia das Letras!

News
Recentes

O Fogo Invisível, de Javier Sierra, discute a origem de literatura e da arte

News
Recentes

Para os fãs de A Seleção, Jogos Vorazes e A Rainha Vermelha: conheçam Princesa de Cinzas

americanas.com

[Resenha] – Harry Potter e a Pedra Filosofal – J.K. Rowling

Publicado em 27 jan, 2013

Harry Potter e a Pedra Filosofal – J.K. Rowling
Editora: Rocco
ISBN: 9788532527844
Ano: 2012
Páginas: 224
Página do livro no Skoob
Classificação: 

Harry Potter é um garoto cujos pais, feiticeiros, foram assassinados por um poderosíssimo bruxo quando ele ainda era um bebê. Ele foi levado, então, para a casa dos tios que nada tinham a ver com o sobrenatural. Pelo contrário. Até os 10 anos, Harry foi uma espécie de gata borralheira: maltratado pelos tios, herdou roupas velhas do primo gorducho, teve óculos remendados e foi tratado como um estorvo. No dia de seu aniversário de 11 anos, ele parece deslizar por um buraco sem fundo, como o de Alice no País das Maravilhas, que o conduz a um mundo mágico. Descobre sua verdadeira história e seu destino: ser um aprendiz de feiticeiro até o dia em que terá que enfrentar a pior força do mal, o homem que assassinou seus pais. O menino de olhos verde, magricela e desengonçado, tão habituado à rejeição, descobre, também, que é um herói no universo dos magos. Potter fica sabendo que é a única pessoa a ter sobrevivido a um ataque do tal bruxo do mal e essa é a causa da marca em forma de raio que ele carrega na testa. Ele não é um garoto qualquer, ele sequer é um feiticeiro qualquer; ele é Harry Potter, símbolo de poder, resistência e um líder natural entre os sobrenaturais. A fábula, recheada de fantasmas, paredes que falam, caldeirões, sapos, unicórnios, dragões e gigantes, não é, entretanto, apenas um passatempo. Harry Potter conduz a discussões metafísicas, aborda o eterno confronto entre o bem e o mal, evidencia algumas mazelas da sociedade, como o preconceito, a divisão de classes através do dinheiro e do berço, a inveja, o egoísmo, a competitividade exacerbada, a busca pelo ideal – a necessidade de aprender, nem que seja à força, que a vida é feita de derrotas e vitórias e que isso é importante para a formação básica de um adulto.

Não acompanhei Harry Potter da forma que gostaria e deveria ter acompanhado, para vocês terem uma ideia o único filme que vi no cinema foi o último, Harry Potter e as Relíquias da Morte – parte 2. Inclusive, fui assistir sozinho e me emocionei bastante, mesmo não sendo tão fanático. Fui presenteado recentemente com a edição de colecionador da saga, essas com as capas brancas da Rocco. Obrigado meu amor! E finalmente comecei a leitura.

Harry Potter sobreviveu e era apenas um bebê. Seus pais, Lilian e Tiago eram bruxos muito famosos e foram mortos por Você-Sabe-Quem, ou Voldemort, se você tiver coragem o suficiente para pronunciar seu nome, um bruxo das trevas que começou a procurar seguidores. Ninguém sabe o que aconteceu naquela noite, não era possível alguém viver quando ele decidisse matar mas desde então Voldemort desapareceu e Harry ganhou uma cicatriz de raio na testa, é o que acontece quando se é atingido por um feitiço maligno e poderoso.

Orfão, Harry foi enviado para morar com seus tios, Petúnia e Válter Dursley que já tinham um filho, o mimado Duda ou porco de peruca, segundo o próprio Harry. Durante anos ele viveu em uma família de trouxas (aqueles que não tem poderes mágicos), num pequeno armário debaixo de uma escada, sem saber da existência da magia e acreditando que seus pais morreram em um acidente de carro. Prestes a completar onze anos ele começa a receber cartas vindas de Hogwarts a mais famosa escola de magia, aquela onde desde que nascera  fora matriculado, a escola onde seus pais estudaram e fizeram história.

Preciso dizer que foi um tanto difícil Harry conseguir colocar as mãos na carta? Seus tios estavam dispostos a darem um ponto final a esse papo de bruxaria. Porém Rúbeo Hagrid, Guardião das Chaves e das Terras de Hogwarts, consegue entrega-la pessoalmente e revela a verdade escondida a tanto tempo.E assim, Harry Potter vai para seu primeiro ano em Hogwarts para estudar magia, onde conhecerá um mundo totalmente novo e correrá grandes perigos ao lado de Hermione Granger e Rony Weasley, onde reencontrará Lorde Voldemort numa tentativa de se reerguer e tomar o poder.

A adaptação para o cinema foi bastante fiel, o livro tem poucas páginas mas alguns personagens foram deixados de lado. Como por exemplo, o poltergeist Pirraça, ele é um fantasma que inferniza bastante os alunos, na verdade quem esbarra com ele nos corredores se perde e por algumas semanas Harry e Rony não conseguiram chegar a tempo nas aulas, nesse livro ele tem um papel muito importante e  simplesmente virei fã. J.K. Rowling demorou anos até escrever todos os sete livros da série mas é compreensível, ela criou um mundo totalmente novo, mágico e genial.

Quem dera eu, receber minha carta de Hogwarts, comprar minhas passagens na plataforma 9 3/4 , fazer compras no Beco Diagonal e receber uma fortuna dos meus pais bruxos e famosos no Gringotes, o banco dos bruxos, ter aulas de Transfiguração com a Profa. Minerva McGonagall, de Herbologia com a Profa. Sprout, aprender mil e um feitiços com o Pof. Flitwick ou com a própria Hermione Granger, aprender a voar na minha Nimbus 2000 com a Madame Hooch e me transformar no melhor apanhador de Quadribol dos últimos séculos(não gostava do esporte nas telonas mas acreditem, no livro TUDO é muito mais legal). O Chapéu Seletor, que escolhe a casa onde cada aluno estudará (Grifinória, Sonserina, Lufa-Lufa ou Corvinal) tem até música, pessoal ele canta! Não só ele como Alvo Dumbledore, mas nesse caso ele se empolga com o hino de Hogwarts.

Não sei o motivo de terem cortado isso nos filmes, achei uma graça. Draco Malfoy na companhia de Goyle e Crabbe arranjarão alguns problemas para Harry, Ron e Hermione, mas é perfeito o desfecho desse livro, eu terminei a leitura com um sorriso de orelha a orelha.

Severo Snape tirando pontos da Grifinória por cada passo que Harry dava me irritou um pouco mas não consigo odiá-lo. Os irmãos gêmeos Fred e Jorge Weasley são muito divertidos e junto de Perebas são um dos meus personagens preferidos, mesmo não aparecendo muito nesse livro. Rúbeo Hagrid é apaixonante, criando um dragão na sua cabana foi simplesmente a coisa mais fofa de todo o livro.

Os capítulos finais foram emocionantes e ainda bem que minha memória é fraca, não lembrava e foi surpreendente, Voldemort me dá arrepios, mal posso esperar para o próximo livros, aliás, vou ali começar a leitura! Beijos.

WalmartBR

Recomendados para você

Deixe seu comentário

30 Comentários

  • GonçalvesSue
    05 fevereiro, 2014

    Relutei muito para comprar os livros do HP, assisti aos filmes e amei. Então decidi comprar os livros, até agora só terminei o 1º e concordo como você de que o filme é bem fiel ao livro. Bela resenha.

  • e. luiza
    09 dezembro, 2013

    Não sou a maior fã de Harry Potter, mas sou grande admiradora de J.K, gente, não existe pessoa nesse mundo mais brilhante doq Joanne, não li todos os livros ainda, mas vi todos os filmes. Os livros são minhas paixões… a edição que eu quero ainda não está disponível, mas logo que tiver serão todos meus *-*

  • Loriany Gottardi
    02 outubro, 2013

    Não tem como não amar <3

  • Gabrielle
    25 junho, 2013

    Ah, grande J. K. Howling, sou fã dela! Harry Potter, tem história mais épica?

  • Ivi Campos
    14 abril, 2013

    Este foi o único livro da série Harry Potter que eu li. Acho que estou velha demais para este tipo de leitura, mas eu gostei demais e acredito que este livro "doutrinou" muita gente no hábito da leitura.

  • Karolyne K.
    31 março, 2013

    Meu preferido. Porque? É o começo de tudo..
    onde conhecemos toda essa magia, todos estes personagens incríveis, todo este mundo. Não me canso de ler, não me canso de assistir. Para mim, sempre será o melhor, o início dessa jornada.

  • rangel lobo
    25 março, 2013

    Harry Potter é a melhor e mais prestigiada série não foi por acaso que a série vendeu minhões de livros, os personagens são marcantes e a autora sabe conduzi-los.Também gostaria de receber uma carta de Hogwarts, rsr, e ser o bruxo mais popular.Mas só Harry pode ser o melhor bruxo e ele penou muito com o passar da história.O post retratou muito bem o livro.e espero ler o livo assim que puder.Abraços! 🙂

  • Leonardo
    24 março, 2013

    Li ele em um dia!!!!! Ou menos de um dia, mas ele é completamente perfeito, todos as pessoas deviam ler ao menos um pouco da saga…

  • Lucas de Omena
    20 março, 2013

    Adoro esse livro, gosto porque foi a iniciação, a explicação do mundo bruxo para o leito. to participando do concurso e divulgando pra cada pessoa o seu blog e eles dizem que é muito "maneiro"

  • felipe.cesar
    17 março, 2013

    Om dos melhores livros q ja li , e um dos primeiros a me fazer ter gosto pela leitura s2

  • lais
    10 março, 2013

    Tenho a 1° edição desse livro, e a edição com as capas novas e não me canso de lê-lo!! A pedra filosofal, foi a base para a serie!
    Gostei muito do HP, do mundo da magia e das possibilidades!!

  • Nina Fontes
    10 março, 2013

    O "abre alas", o início da melhor aventura que tive, até hoje, como leitora, sem dúvida, meus filhos irão ler e, com certeza, serão fãs de O-Menino-Que-Sobreviveu tanto quando eu e vão querer ir pra Hogwarts tanto quanto eu desejei ir. =)

  • Dâmaris
    07 março, 2013

    Confesso que sempre tive vontade de receber a carta. ): Fiquei decepcionada por não receber.

  • Maíra Souza
    03 março, 2013

    Bom, como já disse não li nenhum livro. Mas os filmes vi até o 3° e gostei. Acredito que os livros sejam melhores, as vezes os filmes deixam a desejar.
    =)

  • Acervo de Miss
    25 fevereiro, 2013

    Toda essa história é incrível e apaixonante. Nao tem como nao amar.

    Bjs,
    http://www.acervodemiss.blogspot.com

  • Georgia @stupidlambgirl
    24 fevereiro, 2013

    Minha mãe chegou do sebo com um exemplar de Harry Potter e a Pedra Filosofal em mãos. Não dei muita bola, já ela adorou o livro e me levou para assistir no cinema. Fiquei curiosa para saber sobre os personagens e li o livro. Pronto. A paixão fez a sua magia 🙂

  • Priscila Pires
    22 fevereiro, 2013

    Desde o primeiro filme me apaixonei, e confesso que assisti algumas/muitas vezes. E não podia ficar só no filme, e comecei os livros, além de ficar na espera da minha cartinha 🙂

  • Bruna Costenaro
    22 fevereiro, 2013

    Esse livro é ótimo pq é o primeiro, foi qd dei meu primeiro mergulho nesse fantástico universo, mas depois que os demais saíram ele é ruim perto deles hahaha

    Miquilis: Bru

  • Fernanda Faria
    16 fevereiro, 2013

    Tenho muito o que agradecer por essa saga ter entrado na minha vida. Foi justamente depois que eu li esse livro, que eu me apaixonei pela leitura. Depois que li o primeiro livro de HP nunca mais quis parar de ler.

  • Anônimo
    02 fevereiro, 2013

    Eu lembro de quando fui ao cinema assistir ao primeiro filme de HP. Sai de lá encantada, nunca tinha visto nada parecido antes (era basicamente filmes da xuxa e do didi e de animação hehe):P

  • Chrysthie Audi
    28 janeiro, 2013

    Realmente o mundo criado pela J.K é genial e inesquecível… eu ainda espero pela minha cartinha de convocação para Hogwarts…kkkk
    Que bom que vc gostou, fico muito contente pois sou uma maníaca pelos livros e propago como a melhor série de todos os tempos, aos quatro ventos…

    Bjs

  • Leila
    28 janeiro, 2013

    Ainda não li os livros, só vi os filmes. Também não sou fanática pela série, mas gosto.

  • cristiane
    27 janeiro, 2013

    Er….olha, eu nunca gostei desse personagem, tenho pavor dos filmes e passo longe desses livros, então complica comentar.
    Mas posso dizer que é uma boa história e que vale a pena ler se você não for uma boba idiota como eu ¬¬
    É bem feito e ganhou milhões de fãs não é atoa né!
    Só que eu não sou um deles =/.

  • franfernands
    27 janeiro, 2013

    Nunca li HP, acho que não tenho paciência, quem sabe um dia eu tente..mas a resenha ficou ótima 🙂

  • Iara
    27 janeiro, 2013

    Não acompanhei esta serie, acho q assisti so uma parte do 1º filme, eu ate gostei, mas tenho que pegar pra ver direito, todos falam muito bem, e com certeza fez muito sucesso, eu quero os livros, que com certeza e melhor q o filme, pretendo um dia em breve fazer isso. Muito boa resenha gostei.

  • Rafael
    27 janeiro, 2013

    A pedra filosofal é uma preparação excelente e minunciosa de tudo que vai vir por toda saga. Eu, ainda lembro das últimas emoções desse livro que li qndo criança ainda, coitado de mim.

  • Victor Emmanuel
    27 janeiro, 2013

    Meu DEUS!! Harry potter é tudo!

    Eu devo ser a unica pessoa que chora lendo esse livro desde o começo kkk

    <3

  • Elis Culceag
    27 janeiro, 2013

    Que presentão hein!?!
    Li todos os livros e assisti a todos os filmes no cinema, adoramos a saga aqui em casa.
    O livro é arrebatador, não é? Você vai se surpreender em como a história cresce e enriquece a cada volume.
    Boa viagem à Hogwarts e beijos… Elis Culceag.

    Me visita no * Arquivo Passional * 😉

  • Gabriel Ribeiro Gomes
    27 janeiro, 2013

    Oi Felipe 🙂

    Acredita que ainda não li Harry Potter 🙁 , Pois é tenho que criar vergonha tenho todos os filmes álbuns é etc,. sou super fã mais ainda não li vou comprar o box de capa branca em Março e devora-los abraços !

    http://euvivolendo.blogspot.com.br/ ( comenta lá 😀 )

  • Alice Aguiar
    27 janeiro, 2013

    por favor hary potter é muito divo *-*
    adorei a resenha