Últimas Notícias

News
Recentes

Conheça o romance LGBT “Vermelho, branco e sangue azul”

News
Recentes

Stephen King, George R.R. Martin e outros autores escrevem sobre fim do mundo em coletânea

News
Recentes

“Apenas um Olhar”, novo livro de Harlan Coben, está em pré-venda!

Livraria Martins Fontes

[RESENHA] O céu está em todo lugar – Jandy Nelson

Publicado em 21 jun, 2012

O Céu Está em Todo o Lugar – Jandy Nelson
Editora Novo Conceito
ISBN: 9788563219374
Ano: 2011
Páginas: 424 
Página do livro no skoob
Classificação: 

Este é um livro de estreia vibrante, profundamente romântico e imperdível. Lennie Walker, de dezessete anos de idade, gasta seu tempo de forma segura e feliz às sombras de sua irmã mais velha, Bailey. Mas quando Bailey morre abruptamente, Lennie é catapultada para o centro do palco de sua própria vida – e, apesar de sua inexistente história com os meninos, inesperadamente se encontra lutando para equilibrar dois. Toby era o namorado de Bailey, cujos sentimentos de tristeza Lennie também sente. Joe é o garoto novo da cidade, com um sorriso quase mágico. Um garoto a tira da tristeza, o outro se consola com ela. Mas os dois não podem colidir sem que o mundo de Lennie exploda…

Resenha:

Que livro fofo! Não tem outra palavra que descreva melhor,é simplesmente fofo.
Lennie sempre viveu na sombra de sua irmã Bailey. Nunca se preocupou em ser nada, pois sua irmã era simplesmente tudo. As coisas mudam quando Bailey morre e Lennie se depara com a responsabilidade se ser alguém, com uma vida própria. É hora de despertar. A estória em si tem várias coisas estranhas que tornam tudo muito fofo.

Lennie rabisca tudo que encontra, folhas, copos, pedaços de papel, qualquer coisa. Escreve e joga fora. Em cada início ou fim de capítulo do livro, tem uma imagem desses pensamentos da Lennie, é lindo. A Novo Conceito arrasou. Sem falar da planta que a avó da Lennie cuida, e segundo ela essa planta reflete o bem-estar emocional da neta. Atualmente essa planta se encontra com manchinhas pretas.

Toby é o ex-namorado de Bailey.
Joe é novato no colégio e um gênio da música.
Lennie começa a se relacionar com os dois.
Isso mesmo, Lennie, sem nenhuma história com rapazes, agora tem o ex de sua irmã morta e o novato trompetista para escolher. Eu achei super sem noção ela se envolver com o Toby. A desculpa é a seguinte: como os dois sofrem com o luto, eles se aproximam muito, como se um entendesse a dor do outro e unissem o amor dos dois em um só, na tentativa de fazer o coração de Bailey voltar a bater. É muito triste, muito mesmo, até tento entender a Lennie mas ainda acho errado. Joe é simplesmente ótimo, logo de início já tive certeza: Lennie, minha querida agarra esse menino! É fofo, triste e engraçado ao mesmo tempo.

Lennie vai tentar seguir sua vida sem a irmã, o que não vai ser fácil, até ela conseguir empacotar as coisas da irmã se vai mais da metade do livro. Enquanto isso, ela tenta descobrir o amor verdadeiro fazendo a escolha certa. Gostei da leitura, mas acho que meus tempos de romances jovens já se foi. O final é digno, faz valer a pena toda dor.

Leia mais de 4 milhões de livros no seu e-book. Os melhores e-books do mundo estão aqui

Recomendados para você

Deixe seu comentário

1 Comentário

  • GonçalvesSue
    03 fevereiro, 2014

    A primeira vez que vi o livro, não me encheu os olhos, mas dei uma chance para as resenhas e me encantou e a sua foi uma delas…