Últimas Notícias

News
Recentes

Autor de “Perdido em Marte” lança thriller de suspense sobre cidade na Lua

News
Recentes

Em nova edição, “Blade Runner” ganha capa assinada por Rafael Coutinho

News
Recentes

Em livro de estreia, Emily X.R. Pan escreve sobre suicídio e paixão

americanas.com

[RESENHA] Eu sou o número quatro – Pittacus Lore

Publicado em 28 jun, 2012

Eu sou o Número Quatro – Pittacus Lore
Editora: Intrínseca
ISBN: 9788580570137
Ano: 2011
Páginas: 350
Página do livro no skoob
Classificação: 

Nove de nós vieram para cá. Somos parecidos com vocês. Falamos como vocês. Vivemos entre vocês. Mas não somos vocês. Temos poderes que vocês apenas sonham ter. Somos mais fortes e mais rápidos que qualquer coisa que já viram. Somos os super-heróis que vocês idolatram nos filmes e nos quadrinhos — mas somos reais. Nosso plano era crescer, treinar, ser mais poderosos e nos tornar apenas um, e então combatê-los. Mas eles nos encontraram antes. E começaram a nos caçar. Agora, todos nós estamos fugindo. O Número Um foi capturado na Malásia. O Número Dois, na Inglaterra. E o Número Três, no Quênia. Eu sou o Número Quatro. Eu sou o próximo.

Resenha:
Os Mogadorianos resolveram roubar os recursos naturais de Lorien quando os de seu próprio planeta acabaram depois de tantos abusos. Diante da guerra, nove crianças especiais e abençoadas (Gardes) foram enviadas à Terra, junto de seus respectivos guardiões (Cêpans) para desenvolverem seus legados, tornando-se poderosos e treinados, na esperança de combater o inimigo e restaurar a paz. Um feitiço lórico marcou e uniu todos eles. Nenhum poderia ser morto fora da ordem numérica. Mas os mogadorianos já estão na Terra e irão fazer de tudo para destruí-los.

Quatro e seu Cêpan, se mudam constantemente para despistar o inimigo, mudando de nome, casa,estado, etc. E agora com o surgimento da terceira cicatriz no tornozelo, indicando que três já foram mortos, eles precisam estar preparados, ele é o próximo e está sendo caçado. Agora eles atendem pelo nome de John e Henri. Durante o livro vamos conhecendo mais de Lorien, da batalha contra os mogadorianos, dos costumes de seu planeta natal, ao mesmo tempo que acompanhamos o treinamento e a descoberta dos legados de John.

A única parte chata do livro é o John. Eu sei que ele é o principal mas gente, ele é um herói muito meia-boca. Mas nem se preocupem, a estória está recheada de personagens ótimos. Exemplo: Sam, que é o melhor amigo de John, que consegue ser incrível sem ser um alien, sem ter super poderes e motivado apenas pela verdade.O pai de Sam, em um belo dia, foi ao mercado e desapareceu. Nunca mais voltou, nem deu notícias. Sam suspeita que o pai foi abduzido por alienígenas. E ainda tem o Bernie Kosar, o cachorro pelo qual me apaixonei, vocês vão entender quando lerem. E ele ainda vem com segredinhos e mistérios viu? Só amor.

John se apaixona por Sarah,a ex-namorada do valentão do colégio, Mark, que por sinal vai causar muitos problemas, ele vai infernizar a vida do John e do Sam. Mas nem dediquem muito ódio ao Mark, no final ele explode em dignidade. Não demora muito para os mogadorianos encontrarem Jonh e Henri. Quando começam as batalhas o livro fica impossível de lagar. Agora sim o livro pega ritmo, surge a número Seis.

Infelizmente, o feitiço se quebra, os nove lorianos não poderiam se encontrar nunca, mas John corria perigo e foi necessário. Ok. A trama é incrível. Cada detalhe do enredo é original.Não falei nem metade da metade da metade de tudo que acontece. Por favor leiam esse livro e não esqueçam de ter a continuação em mãos.

WalmartBR

Recomendados para você

Deixe seu comentário

1 Comentário

  • GonçalvesSue
    07 fevereiro, 2014

    Bom assisti ao filme, e só depois descobri que tinha o livro e que fazia parte de uma série..Sua resenha me motivou a ler o livro, já tinha amando o filme, e imagino que não conta a metade do que é a estória..